Céu do Mês

2018

ASTRONOMIA          |          CALENDÁRIO LUNAR          |         NOSSO SISTEMA SOLAR

Apresentamos aqui em vídeo o aspecto do Céu noturno de cada mês do ano. Os planetas que estão visíveis, os fenômenos astronômicos do mês e os objetos astronômicos mais interessantes de serem observados através do telescópio e, quando possível, a olho nu e também através de um binóculo.
Janeiro

Tradução:

O céu do Verão (para o Brasil) e do Inverno (no caso do Hemisfério Norte) é cheio de estrelas brilhantes.Uma antiga constelação. Auriga foi retratado como um pastor de ovelhas pelos gregos e Romanos . Auriga é um belo diadema de estrelas enfeitando o céu.Capella é a estrela mais brilhante da constelação, e é uma estrela dupla. As duas estrelas são amarelas como o nosso próprio Sol , mas são cerca de 10 vezes maior e 50 e 80 vezes mais brilhantes.Perto de Auriga vemos a grande constelação do Touro. Na Mitologia grega, este grupo de estrelas representava Zeus sob o disfarce de um touro branco com chifres de ouro.O olho do Touro é Aldebaran, uma estrela gigante vermelha que está se aproximando do final de sua vida.A cabeça do Touro, em forma de V, é formada pelas Hyades , um aglomerado de belas estrelas facilmente visíveis a olho nu.

O aglomerado de estrelas Plêiades fica perto da cabeça do Touro . Grande e brilhante, esse grupo de estrelas é muito conhecido no céu e é freqüentemente chamado de " Sete Irmãs " ou "Sete Estrelas". A olho nu você pode ver apenas seis ou sete estrelas, mas o aglomerado contém mais de 250 estrelas. Você pode ver melhor as Plêiades através de binóculos.As estrelas desse grupo estelar são quentes e jovens, com cerca de apenas 50 milhões de anos. Estão envolvidas em uma nuvem de poeira que reflete a luz azul dessas estrelas.

 

Adaptação do texto: Dermeval Carneiro

Texto adaptado de: Tonight’s Sky 

http://hubblesite.org/explore_astronomy/tonights_sky/

Fevereiro

Tradução:

Constelações e objetos do Céu profundo. O céu do Verão (para o Brasil) e do Inverno (no caso do Hemisfério Norte) é cheio de estrelas brilhantes e apresenta uma das melhores regiões do Céu para observações. Orion, o Grande Caçador da mitologia grega , domina o céu do verão. Esta constelação é uma das mais fáceis de reconhecer, no meio dela enconram-se as Trê Marias (como são conhecidas no Brasil). É cheia de estrelas jovens, estrelas na fase final de suas vidas e várias nebulosas.Betelgeuse , um dos " ombros" do Orion , é uma estrela supergigante vermelha cerca de 650 vezes maior do que o Sol. Seu brilho equivale a dezenas de milhares de sóis. Betelgeuse está perto do fim da sua vida . Com o combustível no núcleo da estrela praticamente esgotado, o núcleo está se contraindo e aquecendo-se , fazendo com que as camadas gasosas exteriores da estrela se expanda. Rigel , é um dos " joelhos " do Orion , é um sistema triplo estrelas composto de duas estrelas menores orbitando uma supergigante azul. A estrela supergigante azul tem uma vida útil curta.Estrelas supergigantes azuis são muito mais quentes que o nosso Sol e queimam seu combustível rapidamente.Cinturão de Orion é fácil de detectar. É composto de três estrelas (as Três Marias), cujos verdadeiros nomes são: Alnitak, Alnilam e Mintaka . Abaixo e à esquerdo do Cinturão de Orion , você pode detectar a Grande Nebulosa de Orion . Embora pouco visível a olho nu , é a nuvem de gás difuso mais brilhante do céu noturno. (" Nebulosa " é o nome em latim para "nuvem". ) Um pequeno telescópio revela os detalhes e a grandeza da nebulosa.

Incrustada no interior da Nebulosa de Órion está o Trapézio, um grupo de estrelas quentes e jovens tão brilhante que torna brilhante o gás circundante.Canis Major, o Cão Maior, é o companheiro fiel que segue os passos do caçador Órion. Canis Major é dominado pela estrela mais brilhante no céu noturno , Sírius. Sirius é na verdade um sistema duplo, contendo uma estrela brilhante e outra muito menor, a companheiro mais fraca . Fica apenas a 8.6 anos-luz de distância de nós.Fazendo uma varredura com binóculos, logo abaixo de Sirius você verá um encantador aglomerado de estrelas chamado M41 . Ele contém cerca de 100 estrelas , incluindo várias gigantes vermelhas.As estrelas do aglomerado M41 nasceram juntos e são todas da mesma idade.

Adaptação do texto: Dermeval Carneiro

Texto adaptado de: Tonight’s Sky 

http://hubblesite.org/explore_astronomy/tonights_sky/

Março

Tradução:

Com o movimento das estrelas do verão em direção ao oeste(poente), as constelações do Outono (Hemisfério Sul) começam a aparecer.Duas constelações de Março oriundas da mitologia grega , Gemini e Câncer, surgem no zodíaco. O zodíaco é o nome para a região do céu através da qual o Sol, Lua e os planetas parecem viajar.Gêmeos (Gemini) fica lá no alto . Na mitologia eles estavam entre os Argonautas Jason , que navegaram os mares em busca do Velocino de Ouro.As duas estrelas brilhantes são as cabeças dos irmãos , Castor e Pollux.Uma mancha encontra-se perto dos "pés" de Gêmeos. Chamado M35 , é uma bonito conjunto de várias centenas de estrelas. Câncer é frequentemente identificado como um caranguejo , mas também tem sido visto como uma lagosta ou lagostim. Na mitologia grega , Câncer foi colocado nos céus por Hera, esposa de Zeus, para imortalizar sua luta tenaz mas fútil com Hércules.Dentro constelação do Câncer está o adoráve aglomerado "Presépio". Astrônomos antigos chamavam -lhe "a estrela nublada". Este grande aglomerado contém centenas de estrelas e fica a cerca de 577 anos-luz de distância de nós.

 

Adaptação do texto: Dermeval Carneiro

Texto adaptado de: Tonight’s Sky 

http://hubblesite.org/explore_astronomy/tonights_sky/

Abril

Tradução:

Mais tarde da noite , no alto do céu do norte estará a Ursa Maior - Conhecida constelação do Céu do Norte. As duas estrelas que compõem a parte da frente são chamadas de estrelas "ponteiro", elas apontam em direção à estrela Polaris , também conhecida como a Estrela do Norte, para onde aponta atualmente o eixo da Terra. A Ursa Maior transborda com estrelas interessantes e objetos do céu profundo. O estrelas Mizar e Alcor compõem um sistema duplo de estrelas que pode ser visto sem um telescópio . Nos tempos antigos, quando Mizar e Alcor eram ainda mais próximas uma da outra, elas foram usadas como um teste de visão aguçada.M81 e M82 são um magnífico par de galáxias, do Céu noturno do norte. M82 tem uma forma irregular, provocada por uma colisão com sua vizinha maior, M81.Virando-se para o sul, vemos a constelação do Leão , anunciando a chegada da Primavera (para o Hemisfério Norte) e do Outono (para o Hemisfério Sul). Na Mitologia grega , Leão (Leo) é a grande besta morta por Hércules.A estrela Denebola , que em árabe significa " cauda ", representa exatamente a cauda do Leão.A brilhante estrela Regulus representa o coração do Leão.Na constelação do Leão podemos ver várias galáxias - M65, M66 , NGC 3628, constituem o " Tripleto do Leão ", um conhecido agrupamento de lindas galáxias facilmente vistas com um telescópio.Perto delas se encontra um outro grupo - M95 e M96, duas galáxias espirais grandes.Entre a Ursa Maior ea cabeça de Leão existem três pares de estrelas brilhantes conhecidas. Para os antigos astrônomos árabes, elas eram "Os Três Saltos da Gazela".A chuva de meteoros Liríadas será melhor visto nas primeiras horas da manhã de 22 de Abril. Sob um céu escuro, você poderá ver até 20 meteoros brilhantes por hora.

 

Adaptação do texto: Dermeval Carneiro

Texto adaptado de: Tonight’s Sky 

http://hubblesite.org/explore_astronomy/tonights_sky/

Maio

Tradução:

A grande constelação da Virgem  enche o céu do sul no final da noite. Uma das constelações zodiacais dos tempos antigos, Virgem homenageia as virtudes vivificantes das mulheres.Usando um par de binóculos, você pode visitar o alomerado de galáxias da Virgem. Essas minúsculas manchas de luz são galáxias, longe da nossa própria Via Láctea, cada uma iluminada com a luz de bilhões de estrelas.A galáxia do Sombrero, M104, está na parte sul da Virgem. Sua camada de poeira escura faz com que pareça um grande chapéu, daí o seu nome.Duas constelações menores estão acima de Virgem.Coma Berenices homenageia uma rainha que deu o seu longo cabelo aos deuses para garantir o retorno seguro de seu marido da guerra. M64, uma galáxia espiral, pode ser encontrada no emaranhado da Cabeleira de Berenice.Canes Venatici representa os cães de caça dos deuses.A estrela mais brilhante em Canes Venatici é Cor Caroli, o Coração de Charles, chamado por Charles I da Inglaterra.M51, em Canes Venatici, é conhecida como a Galáxia Whirlpool. É um das mais bela espirais no céu.Os picos da chuva de  meteoros Eta Aquarid ocorre na manhã de 06 de maio. Olhe na direção o céu oriental depois da meia-noite para ver até 10 meteoros por hora.

 

Adaptação do texto: Dermeval Carneiro

Texto adaptado de: Tonight’s Sky 

http://hubblesite.org/explore_astronomy/tonights_sky/

Junho

Tradução:

Direcione seu olhar para cima para encontrar quatro constelações distintas. Lá no alto está Boötes, o pastor. que foi observado por muitas culturas antigas. Arcturus é a quarta estrela mais brilhante  no céu à noite.A estrela Epsilon Boötis também é conhecido como Izar. Usando binóculos, Izar aparece como uma das melhores estrelas duplas no céu. O contraste de cores entre as estrelas é impressionante.Logo abaixo e à esquerda de Boötes está a Coroa do Norte, Corona Borealis. Este adorável colar de estrelas representa a coroa do casamento de Ariadne, a filha do Rei Minos, de Creta.O mítico homem forte Hércules também é encontrado no alto do céu das noites de inverno para o Hemisfério Sul e Verão para o Hemisfério Norte, empunhando suas armas poderosas.A constelação é bastante fraca. Procure seu quadrado torto de quatro estrelas, chamado de Keystone.Na constelaçao de Hercules encontra-se um dos mais brilhantes aglomerados globulares no céu da noite de inverno para o Hemisfério Sul e Verão para o Hemisfério Norte. O maravilhoso aglomerado de Hércules , também conhecido como M13, contém cerca de um milhão de estrelas. Na mesma  constelação existe outro aglomerado globular magnífico, o M92. Aglomerados globulares são conjuntos de estrelas próximas entre si que interagem gravitacionalmente.Outra constelação do mês é Draco, o Dragão.

A cabeça do dragão é um quadrado distorcido de estrelas. Procure por estrelas no canto mais obtuso. Em binóculos aparecem duas estrelas, que parecem um par brilhante de faróis.

 

Adaptação do texto: Dermeval Carneiro

Texto adaptado de: Tonight’s Sky 

http://hubblesite.org/explore_astronomy/tonights_sky/

Julho
Agosto